Páginas

sábado, setembro 17

Remember me



Se caso eu me perder no tempo
Nesse caminho não souber voltar
Que as palavras voltem com o vento
E o faça de mim lembrar

Que apesar dos meus anseios
E memórias que aqui deixei
Ficaram gravados verdadeiros diários
E provas que um dia amei

E aos poucos que vou relendo
Rememorando o que um dia vivi
A sede de voltar no tempo
Revela o passado que nunca esqueci

E se a saudade me traz com dor
Esses momentos de rancor se cria
Sou condenada ao meus sentimentos
Viver eterna nostalgia.

Evelyn Dias

11 comentários:

  1. ' Nossa, lindo o poema Taty, assim como os outros tbm !

    ResponderExcluir
  2. adorei a imagem...vem de encontro a cada palavra deixada aqui...

    beijos e bom domingo!

    Bia

    ResponderExcluir
  3. Esse poema me fez pensar em mim...
    Meus diários de adolescente e hoje meu blog...
    Amores que vivi, momentos de raiva e dor...
    Tudo ali...
    E ainda não tenho coragem de voltar pra trás e ler, já o fiz, mas no momento quero passar pra frente!

    Deliciosamente escrito, suavemente a gente lê, e o coração até se alegra com sua poesia...

    Beijinhos no coração

    ResponderExcluir
  4. Poema de exuberância encantadora, porque ecoa amor. Sentimento instalado que busca reavivar, reacender a chama. Rememorar a luz que ilumina o corredor da dor. Momentos fincados que nos fazem sentir a imensidão do que amamos.

    Belo!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. A saudade é mais um sentimento...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  6. Maravilhoso poema. Retrata com profundidade o grito de uma alma e o que muitas vezes sentimos e nem nos vem palavras para expressar. Lindo!!!!!Tenha uma linda semana, repleta de vitórias e surpresas boas é claro. bjos.

    ResponderExcluir
  7. A gente vai vivendo e deixando rastros. É possível seguí-los e reencontrar a essência, tenho certeza.

    ;)

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Olá.

    Um belo texto... fala da alma, do coração e dos [des]caminhos que seguimos na vida.

    Meus parabéns e boa noite.

    ;D

    ResponderExcluir
  9. Poxa, que beleza de escrito, palavras tão bem colocadas e um sentido tão claro...Parabens pelo Blog, seus textos são realmente muito bons, escreves maravilhosamente bem, tens uma sensibilidade admirável, tudo aqui me agradou, então não hesitei em me tornar seu seguidor...

    Quando puder, passa la no meu tbm e vê o que acha
    http://essenciaego.blogspot.com/

    Abraço apertado
    Té mais ;P

    ResponderExcluir
  10. Isso é pura verdade de se dizer, as vezes relemos escritos e pensamos não ser de nós. Parece sentimentos e escritos de outra pessoa...acho tão mágico isso. Sim, relembramos exatamente o que estávamos sentindo naquele dia, como se fosse um arquivo de tristezas e alegrias. Por isso vamos escrevendo por ai, até um dia não mais estar aqui, mas um pouquinho de nós vamos deixar, com alegria por onde passar.

    ResponderExcluir