Páginas

segunda-feira, fevereiro 25

Pequenos espaços, vagos, insólitos...

E a lembrança se extinguiu de fato
E a solidão apoderou-se como um oceano cheio
Só me restou um infame abraço
Um vazio do frasco
Do perfume que me lembrava seu cheiro.

_______Evelyn Dias

4 comentários:

  1. Intenso e verdadeiro!
    Lindo!

    Um terno abraço

    ResponderExcluir
  2. Lembrança que palpita sensível no peito. E lá se afunda. Nos afoga.
    Quando resta, entristece...

    Beijo minha linda!

    ResponderExcluir
  3. Tudo aqui é incrivelmente lindo! Amei tudo!
    Impossível não seguir!

    Boa semana!

    Beijos!!

    http://quandooeupassar.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Lindo, intenso e sincero. A saudade realmente não dá tregua.
    Uma ótima semana
    Beijos, b.

    ResponderExcluir