Páginas

domingo, janeiro 15

A fase clara e escura

"Há feridas que não se curam, apenas se esquecem de doer.
(Fabrício Carpinejar)




E eu que pensei que estava te esquecendo, o dia me mostrou que posso ser feliz e fazer coisas diferentes, novas e bonitas. Mas a noite sempre vai ser a mesma sozinha, quieta e sem estrelas. Só o pensamento de um amanhã cheio de coisas mais importantes para fazer, para ocupar o tempo que me pego pensando em nós dois.


Evelyn Dias

24 comentários:

  1. pois é
    mas deixa assim como esta sereno

    ResponderExcluir
  2. A noite é o pior momento do dia, é quando as recordações entram de novo em nós, quando o coração nos mostra que as feridas ainda não estão curadas. Gostei deste seu post porque sei muito bem o que é isso, o que é sentir essa dor que não se pode acalmar mas que com o tempo vai deixando de doer. Um Beijo :)

    ResponderExcluir
  3. Identifiquei-me imenso com este teu texto. Já passei por isso também e a noite é sempre a altura em que a dor parece aumentar de intensidade. Mas o dia, bem...o dia é o nosso melhor amigo!

    Obrigada pelo comentário, vou aproveitá-las a fazer o que mais gosto: a escrita (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo seu post. e a frase do Carpinejar casou certinho. bj, querida.

      Excluir
  4. E com isso vamos vivendo, dia apos dia, sorvendo sentimentos, sentindo faltas...mas sempre amando. Bom ser criatura que ama...e nisso tudo só não podemos nos esquecer de uma coisa, nós existimos,e temos direito de sermos felizes...
    Bjos amiga...amei tudo por aqui..parabensss..

    ResponderExcluir
  5. Uauuuu lindo isto hein...rs.
    Beijooos e linda semana.

    ResponderExcluir
  6. Agente se habitua e logo logo o corpo fica dormente...bj

    ResponderExcluir
  7. É realmente a noite sempre nos pega assim de surpresa acho que pelo simples fato dela ser calma e fria deixando assim espaço para alguns pensamentos que esquecemos durante o dia.bjsss

    ResponderExcluir
  8. Me sinto assim também, acho que esqueci pois passo o dia todo sem pensar nele, mas sempre quando chega a noite, parece que a solidão bate em minha porta. Ao menos uma coisa boa podemos tirar disso, se já não lembramos de dia, já é metade do caminho andado.

    bjs flor:*

    ResponderExcluir
  9. A gente não esquece mesmo. A gente acostuma, e como bem diz a frase, a ferida esquece de doer.
    Lindo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. E a gente mesmo ocupando a cabeça sempre tem alguma coisa nos lembrando daquela pessoa neeh. Mas eh melhor continuar tentando do que ser fraca e desistir.
    Beijoos queridaa! sz

    ResponderExcluir
  11. Oi querida Evelyn, passando p/ te desejar uma semana abençoada.

    Bjus

    ResponderExcluir
  12. La imagen es hermosa Evelyn,
    que tengas feliz semana.
    un abrazo.

    ResponderExcluir
  13. As vezes achamos que por não lembrar por 1 segundo, já esquecemos uma vida inteira. Falando nisso, gostei da música do Yiruma que toca aqui, sou apaixonada pelos solos de piano dele.

    Postei uma ajuda no meu blog, será que poderia dar uma olhadinha? Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Eu não me canso de pensar, de lembrar. Mesmo doendo :/

    ResponderExcluir
  15. Angustiante, Evelyn, mas a vida é ciclo, meu bem. Tudo se renova.

    ResponderExcluir
  16. Desejo que todos os seus dias sejam coloridos e iluminados, por inteiro.

    ResponderExcluir
  17. Miga, as noites são sempre assim, parece que nunca veremos o dia. Ainda bem que ao amanhecer o sol volta a brilhar, pulamos da cama e precisamos continuar.

    ResponderExcluir
  18. Minha princesa, como é verdade o que aqui disse. Também eu, que amo sem puder, faço planos para ocupar o pensamento, o corpo e o coração - todos os dias. E à noite? Naquele pequeno e leve frio, tudo volta. E mergulhamos naquele abraço que não existe que nos confunde mas que nos ama, a solidão.
    Um beijo, minha poetisa *

    ResponderExcluir
  19. Oi, é assim mesmo a noite nos lembra o q nos esforçamos p esquecer...rs...adoro as ilustrações dos seus textos, sao perfeitas. Boa tarde!

    ResponderExcluir